Ofício Quarta-feira Abreviado para Oração no Lar - 23 de setembro de 2020

 



Quarta-feira, 23 de setembro de 2020 Anno Domini

[16° Semana depois de Pentecostes, Tempo Comum 25]
Prefácio Próprio 20 para o Tempo Comum - Cor Verde

Paróquia de Todos os Santos, Santos - SP

"Vossa palavra é uma luz para os meus passos" Sl 119(118)

Hino Ninguém explica Deus

Coleta - LOC/IEAB, 2015, p. 457

Concede, ó Senhor, que não nos preocupemos  quanto às coisas materiais, que são passageiras,  mas que amemos as celestiais, que permanecem para sempre, aprendendo assim a viver, segundo a tua vontade, uma vida de serviço humilde. em nome de Jesus Cristo, nosso Senhor, que vive e reina contigo e com o Espírito Santo, um só Deus, agora e sempre Amém. 

O Santo Ev. de NSJC conforme S. Lucas 9:1-6

Reunindo os Doze, Jesus deu-lhes poder e autoridade para expulsar todos os demônios e curar doenças,
e os enviou a pregar o Reino de Deus e a curar os enfermos.
E disse-lhes: "Não levem nada pelo caminho: nem bordão, nem saco de viagem, nem pão, nem dinheiro, nem túnica extra.
Na casa em que vocês entrarem, fiquem ali até partirem.
Se não os receberem, sacudam a poeira dos seus pés quando saírem daquela cidade, como testemunho contra eles".
Assim, eles saíram e foram pelos povoados, pregando o evangelho e fazendo curas por toda parte.

MEDITAÇÃO – Rev. Leandro Antunes Campos

Me parece q´ embora seja um dos textos mais conhecidos, principalmente pelas comunidades evangélicas pentecostais, esta passagem distanciou-se do seu contexto histórico.

A comunidade dos 12  refere-se tanto a comunidade Jesuânica, como a todos q´ viriam a crer em seu Nome. E não a um grupo seleto de iluminados. 

Aqui tanto como a comunidade Jesuânica quanto aqueles q´ viriam a crer em o Nome de Jesus são comissionados a um Programa de Cura e Libertação. 

Cura das feridas existências (políticas, econômicas e religiosas) para uma vida feliz e digna. 

Libertação dos sistemas de opressão (ideológicos, filosóficos, crenças limitantes) q´  excluíam o povo de uma participação livre e consciente do culto ao Deus de Israel. 

OREMOS:

Por todas as pessoas fiéis, em sua vocação e ministério, para que te sirvam com verdadeira alegria e coragem;
// oramos a ti, Senhor. Ouve, ó Deus, as nossas orações.//


Por Justin Welby de Cantuária, primaz e símbolo da Comunhão Anglicana, por Naudal Gomes nosso(a) Primaz, e por todos os bispos e bispas, presbíteros e presbíteras, diáconos e diáconas, para que manifestem o teu amor, tenham fome da tua verdade e sede da tua justiça;
// oramos a ti, Senhor. Ouve, ó Deus, as nossas orações.//


Por nossa Diocese Anglicana de São Paulo, seu povo e seu clero, para que juntamente com Francisco Cézar Fernandes Alves, nosso(a) Diocesano(a), sejamos testemunhas fiéis na proclamação do Evangelho de compaixão e solidariedade;
// oramos a ti, Senhor. Fortalece, ó Deus, a nossa esperança.//

.......
Por nossas intenções particulares (....)
// oramos a ti, Senhor. Ouve, ó Deus, as nossas orações.//


→ Bênção 

Que a fé na vida nos faça ternos na luta,

Que a esperança na vida nos faça fortes na dor.

Que o amor à vida nos faça felizes num mundo melhor. 

Vão em paz e sirvam ao Senhor com Alegria, 

T: No poder do Espírito Santo - Aleluia!

-------------------------------------------

-------------------------------------------

Fontes: 

-> A BÍBLIA DIA A DIA. Ed. Paulinas, 2020.

-> DEVOCIONÁRIO FRANCISCANO. FFB. Ed. Vozes, Petrópolis.2011.

-> LOC, IEAB, 1988

-> LOC, IEAB, 2015

-> OFÍCIO DIVINO - ORAÇÃO DAS HORAS. vvee. São Paulo, 1996.

(c) Reverendo Leandro Antunes Campos e Equipe de Liturgia da Igreja Anglicana de Santos

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DOM SALOMÃO FERRAZ

Preparação para Crisma (Confirmação do Batismo)

Os dez mandamentos