Sobre as semelhanças entre Igreja Anglicana e Católica Romana

(Adap. Entrevista do Mons. Mark Langham à Gaudium Press)
✍🏻 por Reverendo
Leandro Antunes Campos
assistente social, teólogo anglicano e ativista dos direitos humanos

SANTOS - Essas semelhanças foram exploradas durante 40 anos de diálogo entre a Comunhão Anglicana e a Igreja Católica Romana. Descobrimos e afirmamos muitas coisas em comum. Quais semelhanças? São muitas.
- Em primeiro lugar, somos igrejas que se consideram como parte da Igreja Una, Santa, Católica e Apostólica.
- Ambas têm as três formas de ministério: bispos, padres e diáconos. O que acontece em outras igrejas, como a Igreja Reformada e o calvinismo, é que eles não têm bispos. Os anglicanos e os católicos romanos têm.
- Os anglicanos e católicos romanos preservaram a noção de sacramento; anglicanos reconhecem o Batismo e a Eucaristia como sacramentos. Na teologia eucarística, não se expressam da mesma forma, mas estão de acordo, em boa medida, sobre uma forma de presença real de Cristo. Ainda precisamos trabalhar isso melhor, mas oficialmente concordamos em boa medida sobre a Eucaristia. Concordamos com muitas coisas sobre Maria, e temos uma extensa doutrina sobre a Igreja.
- Por 1500 anos fomos uma mesma Igreja; nos últimos cinco séculos temos sido diferentes. Portanto, temos longa história como uma única Igreja. Assim, muitos elementos permaneceram, elementos católicos: muita espiritualidade, a forma do cerimonial, a forma do culto. De muitas maneiras o anglicanismo é similar à Igreja Católica romana, mas de muitas outras é diferente, tanto da católica romana, quanto da protestante.
- Os anglicanos não têm o sentido de uma autoridade central. Não têm nenhum organismo semelhante à Congregação para a Doutrina da Fé. Usamos muita organização, mas a grande palavra para nós é “diversidade”; concordamos entre nós no básico, mas temos internamente uma grande quantidade de opiniões. Assim, há alguns anglicanos que são muito católicos. Quando visitamos algumas igrejas anglicanas (High Church), pensamos que estamos numa igreja católica romana, vemos a imagem de Maria, as dos santos e velas. Em outras (Low Church), pensamos estarmos em alguma igreja protestante, mais propriamente evangélica (luterana). Mas todas são anglicanas, porque a chave para o anglicanismo é ser INCLUSIVO, i.e., incluindo um amplo leque de tendências em seu interior.

e-mail: leandro.campos@aol.com

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DOM SALOMÃO FERRAZ

Preparação para Crisma (Confirmação do Batismo)

Os dez mandamentos