Pular para o conteúdo principal

O DOCUMENTO PAN-ANGLICANO E A LITURGIA ANGLICANA ATUAL

✍🏻 Trad. Reverendo Leandro Antunes Campos
assistente social, teólogo anglicano e ativista dos direitos humanos

SANTOS - As razões para a falha da política (do documento Pan-Anglicano) foram as seguintes:
(i) O Livro de Oração Comum, e principalmente o Serviço Eucarístico, tem inexplicavelmente se recusado simplesmente a morrer em favor dos “Serviços Alternativos” - i.e., novas fórmulas Eucarísticas para o Culto Anglicano;
(ii) O Livro de Oração Comum é conhecido como o trabalho de “talentosos liturgistas”, e a Comunhão Anglicana não pode apartar-se deste fato. Mas uma mera estrutura para os Serviços de Comunhão, até mesmo próximos - ao LOC 1662, não garantem que estes Serviços serão bem recebidos;
(iii) O Livro de Oração Comum tem um conteúdo devocional e doutrinal muito rico. E dificilmente eles estarão inclusos em qualquer tipo de “Estrutura Litúrgica” que seja elaborada para suprir estas deficiências, pois sua natureza é oferecer apenas um “Esqueleto”. Este é a maior dificuldade para as novas liturgias que mostram sua fragilidade doutrinária, e também devocional, e os mais próximos a aderir a prescrição de uma “Estrutura do Serviço” não tem feito nada para remediar estas deficiências;
(iv) A Conferência de Lambeth aconteceu num período completamente dominado pelo pensamento litúrgico de “A forma da Liturgia de Gregory Dix”. Mas isto não se perpetuou por um longo tempo, como relata o relatório de Iniciação e Eucaristia, da Conferência supra-citada... Muitas variedades tornam-se possíveis a partir do ensino Bíblico; Dix estabelece ligações entre os Ensinos Bíblicos e a Patrística para comprovar algumas lacunas; porém mesmo a prática patrística isolada, e se tivesse sido uniforme, não poderia se transformar em uma norma absoluta;
(v) Os feitores do Documento Pan-Anglicano tem assumido o ponto de vista da estrutura o qual não é estabelecido por uma “forma completa” como o senso comum requer. Eles portanto incluem duras argumentações para apoiar suas recomendações, embora muitas delas estejam ainda em disputas, as comissões litúrgicas tem aprofundado o estudo de cada uma delas na atualidade.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DOM SALOMÃO FERRAZ

por Reverendo Leandro Antunes Campos assistente social, teólogo anglicano, e ativista dos direitos humanos
SANTOS - Um dos mais icônicos religiosos da história do Brasil, também passou pela Paróquia de Todos os Santos - Igreja Anglicana, como atestam os registros de serviços paroquiais no ano de 1932. Sua Excelência Reverendíssima Dom Salomão Barbosa Ferraz, nasceu em 18 de Fevereiro de 1880, em Jau - Brasil, tendo sido pastor presbiteriano e anglicano. Mais tarde fundou a Igreja Católica Livre do Brasil, hoje denominada de Igreja Católica Apostólica Independente. Dom Salomão recebeu a Sagrada Ordenação Presbiteral em 18 de Julho de 1945. Mais tarde, em 15 de Agosto de 1945, recebeu das mãos de Sua Excelência Reverendíssima Dom Carlos Duarte, a Sagrada Ordenação Episcopal.
Durante o Concílio Vaticano II, e ainda no Pontificado de João XXIII, Dom Salomão Ferraz pede incardinação na Igreja Católica Romana, sendo aceito sem nenhum tipo de re-consagração como Bispo Titular de Eleutherna, em …

Preparação para Crisma (Confirmação do Batismo)

por Reverendo Leandro Antunes Campos assistente social, teólogo anglicano, e ativista dos direitos humanos
SANTOS - O Espírito Santo é força que impulsiona a vida da Igreja.
O Sacramento da Crisma é um encontro especial com Jesus, todo cristão precisa de um dom especial do Espírito para que a semente da vida nova, plantada no Batismo, não morra, mas, pelo contrário, se desenvolva, cresça e dê muito fruto, fruto em abundância.
Na certeza do Espírito Santo que age em nós, queremos unir família e igreja na formação cristã dos nossos fiéis e colaboradores.
Compromisso
• A preparação para o Sacramento da Crisma exige dos crismandos a abertura necessária para viver cada encontro com o desejo de conhecer Jesus Cristo, sua palavra e a doutrina da nossa fé. • Participação nos eventos religiosos da Igreja (Missa da Páscoa, Missa de Pentecostes, Missa de Natal, Aniversário da Igreja, Ação de Graças e outros) • Participação dos crismandos na Missa aos domingos
Sentimo-nos honrados em preparar todos…

Os dez mandamentos

Traduzido e copilado por Reverendo Leandro Antunes Campos
assistente social, teólogo anglicano, e ativista dos direitos humanos
última atualização: 11/07/2020
SANTOS - Os Dez Mandamentos (em hebraico: עֲשֶׂרֶת הַדִּבְּרוֹת, Aseret ha'Dibrot), segundo as Sagradas Escrituras Êxodo 20:1-17, Deuteronômio 5:5-21,  possuem catorze declarações arranjadas pedagogicamente pelo Catecismo da Igreja Anglicana (LOC/TEC p.847,848), na Ordem penitencial - O Decálogo, do LOC/IEAB 2015, p. 290,291. que está presente no Rito I da Santa Eucaristia.
Para Hatchett, No Livro de 1552 o decálogo substitui o Kyrie (9 repetições) do LOC de 1549. Os revisores queriam incluir na Liturgia Dominical pelo menos três coisas que qualquer criança deveria saber antes da confirmação: a Oração do Senhor, O Credo, e os Dez Mandamentos.
Dos tempos Elizabetanos foi requerido que os três textos estivessem dispostos preliminarmente diante do povo em cada igreja, um costume que caiu em desuso apenas em décadas recentes. A …