Fé e Ciência em tempos de COVID-19

 
✍🏻 Por Reverendo Leandro Antunes Campos
assistente social, teólogo anglicano, e ativista dos direitos humanos

"Entre vocês há alguém que está doente? Que ele mande chamar os presbíteros da igreja, para que estes orem sobre ele e o unjam com óleo, em nome do Senhor." Tiago 5:14
O q´  imagina vc quando ouve dizer q´  o pastor está doente? Ou q´ ele perdeu um ente querido de forma trágica?  Ou Passou por um divórcio? Ou enfrenta dificuldades financeiras? 
Algumas pessoas imaginam q´ por dedicar-se ao ministério cristão o pastor não adoeça, sua família goze de algum privilégio celestial, viva um casamento perfeito, tenha uma renda superior as suas necessidades. 
Do q´ a fé é capaz diante dos dilemas da vida e morte quando nem mesmo o pastor está livre das intempéries. Não é a ciência o único e seguro consolo para as vítimas do COVID-19, afinal quem pode dar uma vacina para a população mundial q´ os torne imunes a tal doença?
Os especialistas têm atribuído o vírus ao enorme desequilíbrio no ecossistema causado pelo consumo desenfreado de bens e a destruição do meio ambiente. E alertam, ainda, que outras pandemias podem acontecer ainda neste século se nada for mudado.
A fé nos ensina q´ "todos pecamos e destituídos estamos da graça de Deus" Romanos 3,23. Que precisamos "confessar nossos pecados" 1 João 1.8-9 e "mudarmos de vida" Lucas 15:10 para "caminharmos com Jesus" João 12.26 em "sua Igreja" Mateus 16.18-20 .  
A fé acalma nosso coração e mente e nos dá a força e coragem necessárias para orarmos e trabalharmos por um mundo mais justo e fraterno - Marcos 9.23, e através do nosso testemunho de vida  impactarmos outras vidas para q´ façam o mesmo - Atos 2.44 . 
Homens e mulheres de fé e ciência cada qual podem unir forças não só para superar este momento de tragédia humanitária mas criar um ambiente menos injusto socialmente, mais seguro ambientalmente, mais fraterno mundialmente.

Domine, Dominus noster (Salmo 8) - LOC/IEAB, 2015, p. 150-151

Ó SENHOR, Senhor nosso, que puseste a tua glória  nos céus, * 
quão admirável é o teu Nome em toda a terra! Da boca dos bebês fazes brotar a força, * 
para calarem as pessoas odientas e as vingativas. Quando contemplo os teus céus, obra das tuas mãos, * a lua e as estrelas, que formaste, Que é o ser mortal, para que te lembres dele? * 
e o ser humano, para que o visites? Fizeste-o um pouco abaixo dos anjos, * 
e de glória e de honra o coroaste. Deste-lhe domínio sobre as tuas obras; * 
e tudo a ele submeteste: Ovelhas e bois * 
e todos os animais do campo; As aves do céu, os peixes do mar * 
e tudo quanto passa pelo caminho das grandes águas. Ó SENHOR, Senhor nosso, * 
quão admirável é o teu Nome em toda a terra! 
Glória ao Pai e ao Filho; * 
e ao Espírito Santo; Como era no princípio, é agora e será sempre, * 
por todos os séculos. Amém.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DOM SALOMÃO FERRAZ

Preparação para Crisma (Confirmação do Batismo)

Os dez mandamentos