Liturgia Abreviada 3° Domingo da Páscoa

Ofício Abreviado para Uso durante a Quarentena
do Coronavírus (COVID-19)

Resultado de imagem para imagens litúrgicas


Igreja Episcopal Anglicana do Brasil – Diocese Anglicana de São Paulo

© Reverendo Leandro Antunes Campos | e-mail: leandro.campos@aol.com

Coleta pela Pureza de Coração

Deus onipotente,
Tu vês o nosso íntimo,
conheces os nossos desejos
e não há segredos para Ti.
Infunde em nós o teu Espírito Santo
e purifica os nossos pensamentos e corações,
para que Te amemos de corpo e alma
e condignamente glorifiquemos
o teu santo Nome.
Mediante Jesus Cristo, nosso Senhor. Amém.

Lição Bíblica     26 de abril | Lucas 24, 13-35

E eis que no mesmo dia iam dois deles para uma aldeia, que distava de Jerusalém sessenta estádios, cujo nome era Emaús.
E iam falando entre si de tudo aquilo que havia sucedido.
E aconteceu que, indo eles falando entre si, e fazendo perguntas um ao outro, o mesmo Jesus se aproximou, e ia com eles.
Mas os olhos deles estavam como que fechados, para que o não conhecessem.
E ele lhes disse: Que palavras são essas que, caminhando, trocais entre vós, e por que estais tristes?
E, respondendo um, cujo nome era Cléopas, disse-lhe: És tu só peregrino em Jerusalém, e não sabes as coisas que nela têm sucedido nestes dias?
E ele lhes perguntou: Quais? E eles lhe disseram: As que dizem respeito a Jesus Nazareno, que foi homem profeta, poderoso em obras e palavras diante de Deus e de todo o povo;
E como os principais dos sacerdotes e os nossos príncipes o entregaram à condenação de morte, e o crucificaram.
E nós esperávamos que fosse ele o que remisse Israel; mas agora, sobre tudo isso, é já hoje o terceiro dia desde que essas coisas aconteceram.
É verdade que também algumas mulheres dentre nós nos maravilharam, as quais de madrugada foram ao sepulcro;
E, não achando o seu corpo, voltaram, dizendo que também tinham visto uma visão de anjos, que dizem que ele vive.
E alguns dos que estavam conosco foram ao sepulcro, e acharam ser assim como as mulheres haviam dito; porém, a ele não o viram.
E ele lhes disse: Ó néscios, e tardos de coração para crer tudo o que os profetas disseram!
Porventura não convinha que o Cristo padecesse estas coisas e entrasse na sua glória?
E, começando por Moisés, e por todos os profetas, explicava-lhes o que dele se achava em todas as Escrituras.
E chegaram à aldeia para onde iam, e ele fez como quem ia para mais longe.
E eles o constrangeram, dizendo: Fica conosco, porque já é tarde, e já declinou o dia. E entrou para ficar com eles.
E aconteceu que, estando com eles à mesa, tomando o pão, o abençoou e partiu-o, e lho deu.
Abriram-se-lhes então os olhos, e o conheceram, e ele desapareceu-lhes.
E disseram um para o outro: Porventura não ardia em nós o nosso coração quando, pelo caminho, nos falava, e quando nos abria as Escrituras?
E na mesma hora, levantando-se, tornaram para Jerusalém, e acharam congregados os onze, e os que estavam com eles,
Os quais diziam: Ressuscitou verdadeiramente o Senhor, e já apareceu a Simão.
E eles lhes contaram o que lhes acontecera no caminho, e como deles fora conhecido no partir do pão.

Lucas 24:13-35

Credo

Cremos em um só Deus,
Pai todo-poderoso,
criador do céu e da terra,
de todas as coisas visíveis e invisíveis.

Cremos em um só Senhor, Jesus Cristo,
Filho Unigênito de Deus,
gerado do Pai desde toda a eternidade,
Deus de Deus, Luz da Luz,
Deus verdadeiro de Deus verdadeiro,
gerado, não criado,
consubstancial ao Pai;
por Ele todas as coisas foram feitas.
Por nós e para nossa salvação,
desceu dos céus;
encarnou por obra do Espírito Santo,
no seio da Virgem Maria,
e fez-se verdadeiro homem.
Por nós foi crucificado sob Pôncio Pilatos;
sofreu a morte e foi sepultado.
Ressuscitou ao terceiro dia,
conforme as Escrituras;
subiu aos céus, e está sentado à direita do Pai.
De novo virá em glória,
para julgar os vivos e os mortos;
e o seu reino não terá fim.

Cremos no Espírito Santo,
o Senhor, a fonte da vida
que procede do Pai e do Filho;
com o Pai e o Filho é adorado e glorificado.
Ele falou pelos profetas.

Cremos na Igreja una, santa,
católica e apostólica.
Professamos um só batismo
para remissão dos pecados.
Esperamos a ressurreição dos mortos,
e a vida do mundo vindouro.   Amém.


Pai Nosso

Pai nosso, que estás nos céus,
santificado seja o teu Nome;
venha o teu reino;
seja feita a tua vontade
assim na terra como no céu.
o pão nosso de cada dia nos dá hoje;
perdoa-nos as nossas ofensas,
assim como nós perdoamos
a quem nos tem ofendido;
não nos deixes cair em tentação
e livra-nos do mal.
Porque teu é o reino, o poder e a glória,
agora e para sempre. Amém.

Oração da Serenidade

Concedei-me, Senhor a serenidade necessária
Para aceitar as coisa que não posso modificar.
Coragem para modificar aquelas que posso e
Sabedoria para conhecer a diferença entre elas.
Vivendo um dia de cada vez
Desfrutando um momento de cada vez
Aceitando que as dificuldades constituem o caminho à paz
Aceitando, como Ele aceitou
Este mundo tal como é, e não como eu queria que fosse
Confiando que Ele Acertará tudo
Contanto que eu me entregue à Sua vontade
Para que eu seja razoavelmente feliz nesta vida
E supremamente Feliz com Ele eternamente na próxima.
Reinhold Niebuhr


Bênção

A paz de Deus, que excede todo o entendimento,
guarde os vossos corações e mentes
no conhecimento e no amor de Deus e de seu Filho.
Jesus Cristo, nosso Senhor;
e a bênção de Deus onipotente,
o Pai, e o Filho, e o Espírito Santo,
esteja convosco e convosco permaneça para sempre.
Amém.


Fontes:
A Bíblia Dia A Dia. Editora Paulinas. São Paulo: 2020.
Livro de Oração Comum. Igreja Lusitana. https://www.igreja-lusitana.org/

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DOM SALOMÃO FERRAZ

Preparação para Crisma (Confirmação do Batismo)

Os dez mandamentos