Liturgia Abreviada Domingo da Paixão (Ramos)

Ofício Abreviado para Uso durante a Quarentena
do Coronavírus (COVID-19)

Resultado de imagem para imagens litúrgicas


Igreja Episcopal Anglicana do Brasil – Diocese Anglicana de São Paulo

© Reverendo Leandro Antunes Campos | e-mail: leandro.campos@aol.com

Coleta pela Pureza de Coração

Deus onipotente,
Tu vês o nosso íntimo,
conheces os nossos desejos
e não há segredos para Ti.
Infunde em nós o teu Espírito Santo
e purifica os nossos pensamentos e corações,
para que Te amemos de corpo e alma
e condignamente glorifiquemos
o teu santo Nome.
Mediante Jesus Cristo, nosso Senhor. Amém.

Lição Bíblica     5 de abril | Mateus 26, 14-27,66

Então, um dos Doze, chamado Judas Iscariotes, dirigiu-se aos chefes dos sacerdotes
e lhes perguntou: "O que me darão se eu o entregar a vocês? " E eles lhe fixaram o preço: trinta moedas de prata.
Desse momento em diante Judas passou a procurar uma oportunidade para entregá-lo.
No primeiro dia da festa dos pães sem fermento, os discípulos dirigiram-se a Jesus e lhe perguntaram: "Onde queres que preparemos a refeição da Páscoa? "
Ele respondeu dizendo que entrassem na cidade, procurassem um certo homem e lhe dissessem: "O Mestre diz: ‘O meu tempo está próximo. Vou celebrar a Páscoa com meus discípulos em sua casa".
Os discípulos fizeram como Jesus os havia instruído e prepararam a Páscoa.
Ao anoitecer, Jesus estava reclinado à mesa com os Doze.
E, enquanto estavam comendo, ele disse: "Digo-lhes que certamente um de vocês me trairá".
Eles ficaram muito tristes e começaram a dizer-lhe, um após outro: "Com certeza não sou eu, Senhor! "
Afirmou Jesus: "Aquele que comeu comigo do mesmo prato há de me trair.
O Filho do homem vai, como está escrito a seu respeito. Mas ai daquele que trai o Filho do homem! Melhor lhe seria não haver nascido".
Então, Judas, que haveria de traí-lo, disse: "Com certeza não sou eu, Mestre! " Jesus afirmou: "Sim, é você".
Enquanto comiam, Jesus tomou o pão, deu graças, partiu-o, e o deu aos seus discípulos, dizendo: "Tomem e comam; isto é o meu corpo".
Em seguida tomou o cálice, deu graças e o ofereceu aos discípulos, dizendo: "Bebam dele todos vocês.

Que acham? " "É réu de morte! ", responderam eles.

Mateus 26:14-27  | 
Mateus 26:66


Credo

Cremos em um só Deus,
Pai todo-poderoso,
criador do céu e da terra,
de todas as coisas visíveis e invisíveis.

Cremos em um só Senhor, Jesus Cristo,
Filho Unigênito de Deus,
gerado do Pai desde toda a eternidade,
Deus de Deus, Luz da Luz,
Deus verdadeiro de Deus verdadeiro,
gerado, não criado,
consubstancial ao Pai;
por Ele todas as coisas foram feitas.
Por nós e para nossa salvação,
desceu dos céus;
encarnou por obra do Espírito Santo,
no seio da Virgem Maria,
e fez-se verdadeiro homem.
Por nós foi crucificado sob Pôncio Pilatos;
sofreu a morte e foi sepultado.
Ressuscitou ao terceiro dia,
conforme as Escrituras;
subiu aos céus, e está sentado à direita do Pai.
De novo virá em glória,
para julgar os vivos e os mortos;
e o seu reino não terá fim.

Cremos no Espírito Santo,
o Senhor, a fonte da vida
que procede do Pai e do Filho;
com o Pai e o Filho é adorado e glorificado.
Ele falou pelos profetas.

Cremos na Igreja una, santa,
católica e apostólica.
Professamos um só batismo
para remissão dos pecados.
Esperamos a ressurreição dos mortos,
e a vida do mundo vindouro.   Amém.


Pai Nosso

Pai nosso, que estás nos céus,
santificado seja o teu Nome;
venha o teu reino;
seja feita a tua vontade
assim na terra como no céu.
o pão nosso de cada dia nos dá hoje;
perdoa-nos as nossas ofensas,
assim como nós perdoamos
a quem nos tem ofendido;
não nos deixes cair em tentação
e livra-nos do mal.
Porque teu é o reino, o poder e a glória,
agora e para sempre. Amém.

Oração da Serenidade

Concedei-me, Senhor a serenidade necessária
Para aceitar as coisa que não posso modificar.
Coragem para modificar aquelas que posso e
Sabedoria para conhecer a diferença entre elas.
Vivendo um dia de cada vez
Desfrutando um momento de cada vez
Aceitando que as dificuldades constituem o caminho à paz
Aceitando, como Ele aceitou
Este mundo tal como é, e não como eu queria que fosse
Confiando que Ele Acertará tudo
Contanto que eu me entregue à Sua vontade
Para que eu seja razoavelmente feliz nesta vida
E supremamente Feliz com Ele eternamente na próxima.
Reinhold Niebuhr


Bênção

A paz de Deus, que excede todo o entendimento,
guarde os vossos corações e mentes
no conhecimento e no amor de Deus e de seu Filho.
Jesus Cristo, nosso Senhor;
e a bênção de Deus onipotente,
o Pai, e o Filho, e o Espírito Santo,
esteja convosco e convosco permaneça para sempre.
Amém.


Fontes:
A Bíblia Dia A Dia. Editora Paulinas. São Paulo: 2020.
Livro de Oração Comum. Igreja Lusitana. https://www.igreja-lusitana.org/




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DOM SALOMÃO FERRAZ

Preparação para Crisma (Confirmação do Batismo)

Os dez mandamentos