Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2016

Boletim Paroquial - 30 de novembro de 2016

Primeira Semana do AdventoLeitura de Domingo, 27 Novembro 2016D. Laurence Freeman, OSB Somos criaturas do desejo Nós temos esperado pelo Advento na maior parte do ano (o Verbo se fez carne em 25 de Março, na Festa da Anunciação). Mas, como uma semente crescendo silenciosamente no solo dia e noite, este silêncio começa a se fazer audível nas quatro semanas do Advento. Se pudermos escutar o aumento do volume do silêncio da Encarnação durante esta estação de alta expectativa, estaremos melhor preparados para celebrar o Natal da maneira como se espera que seja celebrado. A natividade em nosso mundo de senso do humano divino e do Deus humano é infinitamente misteriosa - então é facilmente perdida no alvoroço da época natalina. Ela se revela e se oculta simultaneamente. Durante o Advento, começamos a sentir o quanto Deus deve ser ao mesmo tempo ousado e tímido. * Como o Advento se desdobra em quatro, vamos tratar da espera neste mesmo número de etapas. A primeira é a entediante consciência de q…

Boletim Paroquial - 21 de novembro de 2016

EDITORIAL - No último domingo celebramos a Festa de Cristo Rei do Universo encerrando assim o Ano Cristão Litúrgico C. Isso significa que completamos mais um ciclo de leituras A (Mateus), B (Marcos), e C (Lucas) sendo q´ o Evangelho de João é lido especialmente nas quadras do advento e quaresma, e outras datas especiais.
Por isso, o Ano Cristão Litúrgico q´ se inicia com o primeiro domingo do advento marca para nós um novo ciclo de leituras sobre a vida e os ensinamentos de Jesus. Como discípulos de Jesus está no centro de nossa espiritualidade a leitura constante das Sagradas Escrituras e em especial dos Evangelhos.
Recomendamos a todos os irmãos e irmãs a se unirem conosco para vivenciarmos plenamente a vida, morte, e ressurreição de Jesus meditando e refletindo a partir das leituras dominicais em nossas celebrações. Tenho a certeza q´ todos serão imensamente abençoados! A nobreza secreta



Ricardo Barbosa de Sousa

Só se reconhece o valor de algumas pessoas muitos anos depois de sua morte…

“Unamo-nos chamando a Deus em oração”

O Arcebispo de Cantuária Justin Welby está emitindo um chamado internacional de oração para a evangelização na semana que conduz ao domingo de Pentecostes de 2017. O lançamento mundial da iniciativa de oração Venha o Teu Reino (Thy Kingdom Come) ocorre após o sucesso de um esquema similar neste ano, onde igrejas do Reino Unido e do mundo se uniram no que se pretendia ser uma iniciativa da Igreja da Inglaterra. Em fevereiro, o Arcebispo de Cantuária e de York escreveram para todos os apoiadores da Igreja da Inglaterra solicitando que fizessem parte de “uma grande onda de oração por nossa terra” na semana anterior ao domingo de Pentecostes em 15 de maio. Algumas igrejas responderam com eventos especiais de oração enquanto outras focaram na evangelização como parte da rotina costumeira de adoração. Mas o esquema foi adotado e promovido por outros líderes religiosos no Reino Unido e em todo mundo, incluindo o Cardeal Vincent Nichols, líder da Igreja Católica Romana na Inglaterra e País d…

Boletim Paroquial - 05 de novembro de 2016

EDITORIAL - A ‘Solenidade de Todos os Santos’ vem do século IV. Em Antioquia, celebrava-se uma festa por todos os mártires no primeiro domingo depois de Pentecostes. A celebração foi introduzida em Roma, na mesma data, no século VI, e cem anos após era fixada no dia 13 de maio pelo papa Bonifácio IV, em concomitância com o dia da dedicação do “Panteon” dos deuses romanos a Nossa Senhora e a todos os mártires. No ano de 835, esta celebração foi transferida pelo papa Gregório IV para 1º de novembro.
Nesse dia, a Igreja militante (que luta na Terra) honra a Igreja triunfante do Céu “celebrando, numa única solenidade, todos os Santos” – como diz o sacerdote na oração da Missa – para render homenagem àquela multidão de Santos que povoam o Reino dos Céus, que São João viu no Apocalipse: “Ouvi, então, o número dos assinalados: cento e quarenta e quatro mil assinalados, de toda tribo dos filhos de Israel. Depois disso, vi uma grande multidão que ninguém podia contar, de toda nação, tribo, povo…