Pular para o conteúdo principal

“Estamos enfrentando um mundo pós-cristão”

Resultado de imagem para frei cantalamessa 
“Devemos voltar aos tempos dos primeiros cristãos: eles enfrentaram um mundo pré-cristão; nós estamos enfrentando fortemente um mundo pós-cristão”, foi o que disse o Pe. Raniero Cantalamessa, pregador da Casa Pontifícia, que discursou na abertura do Sínodo da Igreja da Inglaterra em Londres, na Abadia de Westminster. Uma presença – relata a agência Sir – que foi muito bem recebida pela rainha Elizabeth, que, em seu discurso à Assembleia sublinhou que “a presença entre nós, hoje, do pregador da Casa Pontifícia não teria sido possível sem os progressos acontecidos desde 1970 na cooperação entre as grandes tradições cristãs”.
Padre Cantalamessa recordou na sua homilia que o mundo cristão se prepara para celebrar o 500º aniversário da reforma protestante e disse: “É de vital importância para toda a Igreja que esta oportunidade não seja desperdiçada por pessoas que permaneceram prisioneiras do passado, procurando estabelecer quem teve razão e quem errou. Em vez disso, façamos um salto quântico, como o que acontece quando as portas de um rio ou de um canal são abertas para permitir a navegação dos navios em níveis de água mais elevados. A situação mudou radicalmente agora. Temos necessidade de recomeçar a partir da pessoa de Jesus e ajudar humildemente os nossos contemporâneos a experimentar um encontro pessoal com Ele”.
No final de seu sermão o padre Cantalamessa dirigiu uma saudação à Assembleia em vista do Sínodo, mas também “em vista da reunião prevista para o próximo mês de janeiro entre os líderes de toda a Comunhão Anglicana”: “Coragem, Majestade – disse o pregador vaticano – soberana desta nação; coragem, Justin, arcebispo de Cantuária; coragem Sentamu, arcebispo de York; coragem, vocês bispos, clérigos e leigos da Igreja da Inglaterra! Trabalhem com a consciência da palavra do Senhor: estou convosco!”.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

o que esperar de uma igreja anglicana?

Pense nesta página como seu “Guia de Primeira Viagem a uma Igreja Anglicana”. Muito importante, lembre-se disso: você será bem-vindo(a). Nós damos a você as especiais boas vindas para que venha participar de nossos cultos e oferecemos este documento como uma breve introdução à Igreja Anglicana e seu jeito de ser. católica ou evangélica? No Anglicanismo, há aquelas igrejas que são chamadas de anglo-católicas, por se darem mais ênfase aos sacramentos e ao modo de pensar do cristianismo medieval inglês. Outras, chamadas evangélicas, dão mais valor aos princípios da reforma inglesa, no século XVI, como a pregação da palavra. A maioria das igrejas anglicanas fica no meio termo entre essas duas correntes. Este guia visa a mostrar o que pode-se encontrar em uma igreja anglicana genérica, independente da corrente litúrgica ou teológica que venha a seguir. o lugar de adoração Ao entrar, você vai perceber uma atmosfera de adoração e reverência. As Igrejas anglicanas são construídas em vários est…

Mensagem de Natal do Arcebispo Justin Welby

22 de dezembro de 2016 Saudações em Nome de Jesus, a Palavra feita carne, o Emanuel, que veio para habitar entre nós, pela acção de Deus e pela obediência da sua Bem-aventurada Mãe, a portadora de Deus. Em Novembro, visitei o Paquistão para expressar a minha solidariedade com as comunidades Cristãs espalhadas por esse país, que tanto têm sofrido nos últimos anos. Recordamos o massacre de inocentes que cultuavam a Deus no Domingo de Páscoa em 2016 na cidade de Lahore, e antes disso, os ataques em Peshawar no Natal de 2013 e muitos outros incidentes. Esses ataques estavam pensados não apenas para infligir um forte sofrimento, mas também para semear o medo no coração dos Cristãos e de outras comunidades minoritárias. Durante a minha visita falei com alguns dos sobreviventes desses ataques, e senti-me muito comovido e humilde diante da sua extraordinária coragem ao continuarem a ser fieis em testemunhar a sua fé em Jesus. Diziam que agora sabiam mais do que nunca que Jesus é o Bom Pastor…

Casamento do Pelé e Márcia

Sábado 9 de julho é especial para o Rei Pelé. O “Rei do Futebol” vai se casar com a empresária Marcia Cibele Aoki, em celebração ministrada pelo Reverendo Leandro Campos, da Igreja Anglicana de Santos, que será reservada e restrita aos familiares. Aos 75 anos, Pelé sobe no altar pela terceira vez e disse que finalmente encontrou o seu “amor definitivo”. O casal está junto desde 2010. Pelé e Marcia se conheceram na década de 1980, durante uma festa em Nova York, nos Estados Unidos. Eles começaram a namorar somente em 2010, após reencontro inusitado dentro de um elevador do prédio onde moravam na Alameda Jaú, em São Paulo. Em 2012, Pelé apresentou Marcia como sua “namorada oficial” no Golden Foot, que aconteceu em Mônaco. Desde então, ele a leva a todas festas e eventos para os quais é convidado, assim como em seus compromissos pelo mundo.